Diego Simeone – A Organização Defensiva do Atlético de Madrid contra o FC Barcelona

3DDiego Simeone levou vantagem no duelo de treinadores argentinos ao empatar 1-1 em Camp Nou com o FC Barcelona treinado por Gerardo Martino no 1º jogo dos Quartos de Final da Liga dos Campeões da UEFA.

Para isso em muito contribuiu a Organização Defensiva da sua equipa.

Como Grande Princípio do Momento de Organização Defensiva (quando estavam sem a posse da bola), Diego Simeone definiu para o jogo o seguinte: “Defesa à Zona em Bloco Médio/Baixo” (com exceção de algumas situações em que a equipa deveria realizar uma pressão alta).

Para conseguir atingir esse Grande Princípio, Simeone utilizou os seguintes SubPrincípios:

1. Setores muito juntos (principalmente o setor defensivo e o setor de meio-campo) de forma a não haver espaço entre esses setores para os adversários não conseguirem receberem a bola comodamente.

Linhas juntas

2. Basculação de toda a equipa para o lado da bola.

Basculação

3. Constantes Coberturas Defensivas aos colegas que se opõem ao portador da bola da equipa adversária.

Cob. Defensiva

4. Criação de Superioridade Numérica nos corredores laterais quando a bola está de posse do Extremo da equipa adversária (2×1 e 3×1).

Sup. Numérica nas linhas

5. Pressão alta e intensa em determinadas situações do jogo (de maneira a recuperar-se a bola perto da baliza adversária para aumentar a possibilidade de marcar golo).

5.1. Quando a bola era atrasada (com os pés) para o Guarda-Redes.

Pressão GR

5.2. Nos Pontapés de Baliza e nos Lançamentos Laterais da equipa adversária no seu meio-campo defensivo.

Pressão Lançamentos

6. Recorrer à “Falta Tática” sempre que a equipa se encontrava desequilibrada (apenas realizado pelos jogadores sem cartão amarelo).

7. Grande agressividade defensiva (não ser ultrapassado nos duelos individuais).

Esta estratégia do Atlético de Madrid só foi manchada por um erro grave que foi cometido constantemente ao longo do jogo e que foi aproveitado por Neymar e Iniesta para a obtenção do empate por parte do FC Barcelona. Os Laterais do Atlético de Madrid quando a bola estava na posse dos adversários no corredor central um pouco descaído para o seu lado, iam sempre para marcação individual “em cima” do Extremo adversário, deixando muito espaço livre entre si e o Defesa Central “do seu lado”.

Golo - Erro


ADD IT TO YOUR NOTEBOOKS!

You need to login or register to bookmark/favorite this content.


YOU CAN BE INTERESTED IN

Bookmarked By

By TacticalPedia

The most comprehensive Encyclopedia for Football Coaching From Coaches to Coaches

Leave a Reply