Exercícios de Treino de Scolari

No dia em que o Brasil conseguiu a classificação para os Oitavos de Final do Campeonato do Mundo de Futebol FIFA Brasil 2014, mostrámos alguns exercícios habitualmente utilizados pelo selecionador brasileiro Luiz Felipe Scolari.

Exercícios criados no software desportivo TacticalPad.

1. Finalização após Combinação a Dois

Objetivos:

– Desenvolver a velocidade de deslocamento e de execução;

– Desenvolver a tomada de decisões ofensivas em superioridade numérica;

– Melhorar a capacidade de finalização;

– Desenvolver a tomada de decisões defensivas em inferioridade numérica;

– Melhorar a capacidade de defender e de não ser ultrapassado pelos adversários.

Organização:

– 2×1+GR;

– No corredor central de um meio-campo.

Descrição:

Divide-se a equipa em três filas (duas de atacantes e uma de defesas). Na zona central junto ao círculo central, fica a fila dos atacantes com bola, enquanto numa das zonas laterais fica a dos atacantes sem bola. A fila dos defesas fica junto à linha final. Os primeiros de cada fila colocam-se dentro do espaço de jogo e ao sinal do Treinador o atacante com bola inicia a situação. Esse jogador deve passar a bola ao colega que está na zona lateral, indo este com bola para a zona central na direção do defesa, o jogador que passou a bola inicialmente deve movimentar-se nas costas do colega com bola, para dificultar e confundir a ação do defesa. Devem conseguir ultrapassar o defesa e marcar golo na baliza regulamentar defendida pelo Guarda-Redes. O defesa tenta evitar o golo, colocando a bola, se a recuperar, num dos jogadores que estão nas filas junto ao meio-campo à espera de iniciar a situação. Após terminar a situação iniciam os jogadores seguintes e assim sucessivamente.

2. Finalização após Cruzamento em Superioridade Numérica

Objetivos:

– Melhorar os cruzamentos;

– Melhorar a capacidade de finalização;

– Desenvolver a velocidade de decisão e de execução;

– Melhorar a capacidade de defender a baliza após cruzamento lateral;

– Melhorar os automatismos entre os jogadores mais avançados.

Organização:

– 4×2+GR;

– Atacantes divididos em quatro filas perto da linha de meio-campo tendo os jogadores da fila central mais recuada a posse da bola. Os defesas ficam à entrada da grande área à espera do início da situação.

Descrição:

A situação inicia-se no corredor central com a colocação da bola para um dos corredores laterais onde o Extremo desse corredor irá cruzar a bola para que os outros atacantes (Ponta de Lança, Médio Ofensivo e Extremo “oposto”) tentem marcar golo perante a oposição de dois defesas e do Guarda-Redes. Deve-se alternar a colocação da bola num e noutro corredor lateral, de forma a que os cruzamentos sejam feitos ora de um lado, ora do outro.

3. Jogo Formal com Saídas a Jogar desde o Guarda-Redes

Objetivos:

– Melhorar a capacidade de iniciar a construção do jogo ofensivo desde o Guarda-Redes;

– Melhorar a capacidade de manter a posse da bola em espaços reduzidos;

– Melhorar a capacidade de jogar com poucos toques na bola;

– Desenvolver a capacidade de jogar sob grande pressão espácio-temporal;

– Desenvolver a velocidade de decisão e de execução.

Organização:

– GR+10×10+GR com os jogadores colocados nas suas posições habituais;

– Em meio-campo (no corredor central).

Descrição:

Em meio-campo jogam duas equipas de 10 jogadores e dois Guarda-Redes, colocados na estrutura tática utilizada pela equipa. As equipas tentam marcar golo na baliza regulamentar da equipa adversária. Vence a equipa que mais golos marcar no tempo estipulado.


ADD IT TO YOUR NOTEBOOKS!

You need to login or register to bookmark/favorite this content.


YOU CAN BE INTERESTED IN

Bookmarked By

Leave a Reply