Modelo de Jogo da Academia do Sporting CP – Processo Ofensivo e Sistema Tático (João Poças)

Modelo de Jogo da Academia do Sporting CP – Processo Ofensivo e Sistema Tático (João Poças)

Através do “Relatório Final de Estágio de João Poças – FMH, 2015” podemos ter acesso ao Modelo de Jogo da Equipa de Sub15 do Sporting CP na temporada de 2010/2011.

O Sistema Tático adotado pelos Sub15 do Sporting CP (2010/2011) é o 1x4x3x3 clássico, com os 3 jogadores do meio-campo em triângulo invertido (1+2), com um médio mais recuado e dois mais adiantados, ficando os Extremos bem abertos nos corredores:

1433

Em relação ao Processo Ofensivo, estes eram os seus MACRO Princípios:

  • A equipa deve ter como principal método ofensivo o ataque rápido, procurando circular a bola de forma curta, explorando os corredores laterais na tentativa de abrir espaços na equipa adversária. Caso isso não seja possível deve manter a posse de bola até se criar uma oportunidade de finalização.
  • Deve tirar o máximo partido da largura do terreno de jogo para que possa explorar os corredores laterais de uma forma mais enfática.
  • Cumprir sempre com o princípio específico da cobertura ofensiva e da mobilidade, de forma não só a garantir uma boa manutenção da posse de bola mas também como forma de ocupar estrategicamente o terreno de jogo para uma transição ataque-defesa mais facilitada.

Em relação aos Meso Princípios do Processo Ofensivo podemos distinguir os seguintes:

SETOR DEFENSIVO

i) A Defesa deve circular a bola rapidamente para a fazer chegar aos Laterais logo que possível (1ª opção), garantindo sempre a cobertura ofensiva das suas manobras. Caso a equipa adversária não permita que o primeiro passe saia para um dos Laterais deve então procurar apoio no Médio mais Defensivo (2ª opção) e em último caso usar o passe direto para os Extremos ou para o Avançado (3ª opção):

sd-1

ii) Os dois Laterais nunca devem ocupar os respetivos corredores laterais em simultâneo para que a defesa possa acompanhar as oscilações do jogo de forma segura, garantindo as coberturas ofensivas:

sd-2

 

SETOR MÉDIO

O triângulo invertido do meio-campo deve fazer chegar a bola aos Extremos da forma mais rápida possível e aproveitar a subida do Lateral do lado da bola para a criação de superioridade numérica no corredor. Neste processo deve sempre dar o máximo apoio às manobras e movimentações dos Extremos e Avançado respeitando sempre a cobertura e mobilidade ofensiva. Deve garantir uma relação bastante compacta entre os seus membros:

sm-1

 

SETOR OFENSIVO

Os Extremos e o Avançado devem dar mobilidade às ações da equipa, procurando constantemente os espaços na defesa adversária para que possam receber a bola e criar desequilíbrios. Devem combinar as suas ações com as movimentações dos Médios mais Ofensivos e Laterais para criar superioridade numérica nos corredores laterais:

so

Relativamente aos micro princípios do Processo Ofensivo podemos distinguir os seguintes:

 

Apresentámos também alguns exercícios direcionados para desenvolver o Processo Ofensivo:

Finalização – GR+1×1+GR

Imagem e Descrição:

finalizacao-gr1x1gr

Vídeo:

Jogo 5×5 com 5 Jokers Ofensivos

Imagem e Descrição:

jogo-5x5-com-5-jokers-ofensivos

Vídeo:

Vídeo 3D:


ADD IT TO YOUR NOTEBOOKS!

You need to login or register to bookmark/favorite this content.


YOU CAN BE INTERESTED IN

Bookmarked By

Leave a Reply