Os defeitos do FC Barcelona de Tata Martino

O FC Barcelona de Tata Martino tem desiludido jogo após jogo, fazendo com que se questione a permanência do treinador argentino na próxima época.

Vindo de anos de sucessos extraordinários o FC Barcelona demonstra esta época estar no fim de um ciclo. A tentativa de manter o tipo de jogo executado nos anos anteriores é visível, mas Tata Martino não consegue que os seus jogadores o repliquem.

Em seguida mostraremos os defeitos mais notórios do FC Barcelona de Tata Martino…

Oscar Cano Moreno resumiu extraordinariamente o Modelo de Jogo do FC Barcelona de Pep Guardiola na sua obra “El Modelo de Juego del FCBarcelona – MCsports 2009). Em resumo os Grandes Princípios de Jogo eram os seguintes:

Organização Ofensiva:

“Fazer o adversário sentir-se defensor”;

“Valorizar a conservação da bola”.

Transição Defensiva:

“Desejo imediato de bola”;

Organização Defensiva:

“Unidade impenetrável”;

“Solidariedade”;

“Ter iniciativa mesmo sem bola”.

Transição Ofensiva:

“Determinação para aproveitar desequilíbrios dos adversários”.

 

Onde falha então a equipa de Tata Martino?

Em Organização Ofensiva: Perdem facilmente e rapidamente a bola, por exemplo, em tentativas de dribles em inferioridade numérica e cruzamentos para a grande área sem que nenhum jogador atacante lá se encontre. Desta forma, a valorização da conservação da bola tão exigida nos anos anteriores, esta época não é tão evidente.

Em Transição Defensiva: Realizam uma pressão muitas vezes individual e não coletiva como seria necessário para recuperar imediatamente a bola logo após a sua perda. Alguns jogadores não têm o desejo imediato de bola, comprometendo dessa forma o esforço coletivo.

Em Organização Defensiva: Os setores da equipa dão muito espaço entre si, sendo a equipa vulnerável a rápidos contra-ataques. Alguns jogadores não ajudam no processo defensivo, sobrecarregando os outros, fazendo com que seja mais difícil a equipa recuperar a bola. Em muitas ocasiões adotam uma postura passiva, esperando que os adversários percam a bola por si mesmos (a iniciativa para recuperar a bola: “atacar mesmo sem bola” só se manifesta quando a equipa está a perder e mesmo assim só por alguns jogadores).

Em Transição Ofensiva: Alguns jogadores tentam aproveitar os desequilíbrios da equipa adversária, mas muitas vezes arriscam em demasia um passe longo, perdendo a bola imediatamente após a sua recuperação. Outros jogadores demoram muito tempo com a bola e perdem oportunidades em que a equipa adversária está claramente desorganizada.

 

Os Contextos de Exercitação mostrados em seguida servem para treinar alguns destes defeitos do FC Barcelona de Tata Martino:

1. Transição Defensiva – “Rápida Reação à Perda da Bola”

Descrição:

– Situação de jogo GR+7×4;

– Os jogadores da equipa em superioridade numérica circulam a bola entre si dentro do “retângulo amarelo”, sendo que a cada 10 passes consecutivos sem interceção dos adversários ganham 1 ponto;

– Os jogadores da equipa em inferioridade numérica tentam recuperar a bola e marcar golo na baliza regulamentar defendida pelo Guarda-Redes (ganhando 2 pontos) ou então colocar a bola numa das 6 “mini-balizas” formadas pelas bandeiras vermelhas (ganhando 1 ponto), sendo que só o podem realizar se saírem do “retângulo amarelo” com a bola controlada;

– Vence a equipa que mais pontos realizar no tempo estipulado.

2. Organização Ofensiva – “Valorizar a Conservação da Bola”

Descrição:

– Situação de jogo 8×8 com 3 Jokers Ofensivos;

– Divide-se o espaço de jogo em 3 setores (havendo 1 Joker Ofensivo em cada um deles para ajudar na manutenção da posse da bola). Nos setores mais exteriores colocam-se 2 jogadores de cada equipa e no setor central colocam-se 4 jogadores de cada equipa (os jogadores não podem sair dos seus setores);

– A equipa com a posse da bola (em superioridade numérica de 11×8 através do apoio dos Jokers Ofensivos) tenta manter a posse da bola o maior tempo possível, enquanto que a outra equipa em inferioridade numérica a tenta recuperar, para assim trocarem de funções;

– Vence a equipa que mais tempo conseguir manter a posse da bola durante o tempo estipulado.


ADD IT TO YOUR NOTEBOOKS!

You need to login or register to bookmark/favorite this content.


YOU CAN BE INTERESTED IN

Bookmarked By

By TacticalPedia

The most comprehensive Encyclopedia for Football Coaching From Coaches to Coaches

Leave a Reply