PERSONAL DESK
This is main access to your personal Desk.
View and edit your profile, add training sessions and edit your season plan, send messages and read your inbox, acces your personal library and notebooks and more...

Phil Jackson – 7 Princípios para um Ataque Sólido

Phil Jackson – 7 Princípios para um Ataque Sólido

Phil Jackson, um dos maiores treinadores de Basquetebol de todos os tempos, indica-nos quais são os Princípios que na sua opinião dão solidez ofensiva a uma equipa.

São Princípios que são perfeitamente adaptáveis às equipas de futebol e que devem ser tidos em consideração pelos treinadores.

1. PENETRAÇÃO

Os jogadores devem penetrar na defesa adversária, e a melhor forma de o fazer é através do contra-ataque.

2. COLOCAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO EM CAMPO

Os jogadores devem distanciar-se de tal forma que aos defesas adversários se torne difícil cumprir as suas tarefas defensivas, realizar 2×1 e ajudas defensivas. Os atacantes devem colocar-se deixando uma certa distância entre si. Uma separação adequada não só deixa a descoberto as debilidade dos defensores mas garante também que cada vez que um defesa tente o 2×1 defensivo haverá um atacante desmarcado.

3. MOVIMENTOS DA BOLA E DOS JOGADORES:

Os atacantes devem movimentar-se e devem mover a bola com um objetivo. A movimentação sem bola realizada de uma forma eficaz é muito importante.

4. OPÇÕES PARA O PORTADOR DA BOLA

Um atacante preparado, quantas mais opções tiver para atacar um defensor, mais êxito terá no seu jogo ofensivo. Quando os seus companheiros de ataque estão a movimentar-se para adotarem posições que os desmarquem (ou desmarquem um companheiro de equipa), aumentam drasticamente as opções ao portador da bola.

5. RESSALTO OFENSIVO E EQUILÍBRIO DEFENSIVO

Em todos os remates realizados no ataque, alguns atacantes devem ir com força ao ressalto ofensivo ao mesmo tempo que outros devem garantir um bom equilíbrio defensivo para evitar o contra-ataque adversário.

6. POSICIONAMENTO VERSÁTIL

O ataque deve oferecer a qualquer jogador a opção de ocupar qualquer lugar do campo de jogo, independentemente da função do jogador. Todas as posições podem ser trocadas, desde que se garanta que todas continuam a ser ocupadas.

7. USAR OS TALENTOS INDIVIDUAIS

No jogo ofensivo, tem toda a lógica que o sistema permita aproveitar o talento finalizador dos melhores jogadores.

Bibliografia:

Libro de Jugadas de los Entrenadores de la NBA (2010) – Giorgio Gandolfi

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Leave A Reply

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. AcceptRead More